Anticoncepcional injetável: vantagens e desvantagens

O anticoncepcional injetável é usado por boa parte das mulheres, mas como todo medicamento possui suas vantagens e desvantagens.

Desde que a mulher tornou-se dona do próprio corpo, o anticoncepcional é um grande aliado nesta luta. Rodeado de mitos e verdades, muita coisa mudou desde as décadas de 60 e 70.

Aplicando anticoncepcional injetável

O maior mito é que o anticoncepcional engorda, porém pouco se sabe da relação do contraceptivo com o ganho de peso, o que acontece em maioria dos casos é a retenção de líquido devido ao processo hormonal, juntamente com a falta de exercícios físicos, considerando que cada biótipo físico responde de uma maneira o contraceptivo o mais indicado é procurar um médico para diagnosticar a melhor opção para seu organismo.

Como funciona o anticoncepcional injetável?

Possuindo várias versões, atualmente o queridinho da mulherada é o anticoncepcional injetável, tendo à mesma eficácia do tradicional em tabelas de comprimidinhos diários.

segurando seringa

Receitado por um ginecologista a praticidade é enorme, com uma única dose  a injeção intramuscular, só se faz necessária uma nova aplicação dentre trinta ou até mesmo noventa dias.

O contraceptivo injetável mensal é produzido à base de hormônios combinados (estrógenos e progestágenos), e trimestral é feito à base de progesterona (acetato de medroxiprogesterona). Impedindo a ovulação durante o período fértil, fazendo com que não aconteça uma gravidez indesejada, o uso do medicamento também impede que hormônios engrossem o muco do colo do útero, impedindo a passagem dos espermatozoides.

Vantagens do anticoncepcional injetável

Paciente recebendo dose de anticoncepcional injetável

Temos como principais vantagens essa praticidade, devido ao esquecimento de muitas mulheres para a ingestão diária, para aquelas que têm problemas em ingerir comprimidos com frequência além da diminuição ou extinção da famosa TPM  ( Tensão Pré  Menstrual), diminuição de cólicas, câncer de endométrio, no ovário, doenças mamárias, cistos e miomas uterinos e doenças inflamatórias pélvicas.

Dentre a essas vantagens, o anticoncepcional injetável destaca-se ainda o combate à anemia, pois seu uso contínuo estimula a formação de glóbulos vermelhos.

Desvantagens do anticoncepcional injetável

mulher com dúvidas

Seu uso contínuo pode ocorrer alterações no fluxo do ciclo menstrual, dores de cabeça indesejáveis, corrimento em dias que antecedem o final do ciclo da injeção, a incerteza quanto à fertilidade já que o medicamento injetável libera doses diárias do medicamento sendo completamente imprevisível o dia fértil e a ovulação.

Segundo pesquisas o uso frequente desse tipo de medicamento pode acarretar  infertilidade de seis meses a um ano.

É sempre bom lembrar que aliado ao contraceptivo é ideal utilizar o preservativo, que além de evitar a gravidez indesejada previne doenças sexualmente transmissíveis.

Publicado por Veronica Ortiz
Revisado em 03/11/2015

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar